Compartilhe
Tamanho da fonte

A medula óssea é um tecido de consistência líquido-gelatinosa que se encontra dentro das cavidades ósseas e que contém células progenitoras, que dão origem ao sistema hematopoético (sangue) e imune.

A doação é segura e não provoca problemas hematológicos ou no sistema imune em longo prazo, pois a porcentagem retirada, cerca de 15% do material existente, é recomposta em apenas 15 dias. A dor é tolerável, o procedimento tradicional em centro cirúrgico utiliza anestesia e o doador necessita de analgésicos simples por, no máximo, três a quatro dias após a coleta da medula.

O cadastro de doador voluntário de medula óssea pode ser realizado nos Hemocentros.

Qualquer pessoa entre 18 e 55 anos de idade e que esteja em bom estado geral de saúde, podem se cadastrar. Para se tornar um voluntário, é preciso retirar uma pequena quantidade de sangue (5 ml) e preencher uma ficha com informações pessoais. O sangue será tipificado por exame laboratorial de histocompatibilidade (HLA), onde são identificadas as características genéticas que podem influenciar no transplante.

Os doadores integram um banco nacional e quanto mais pessoas cadastradas, mais chances de que pacientes que necessitem de transplante de medula encontrem um doador compatível, o que, muitas vezes, representa a única esperança de cura.



 
Rua Galeno de Almeida, 148 - Pinheiros - São Paulo - SP - CEP 05410-030 • Informações: (11) 2661-8962, 2661-8963 ou 2661-8968
© ITACI - Instituto de Tratamento do Câncer Infantil. Todos os direitos reservados.  Desenvolvimento FamilySites.com.br